Contra-Educação

Qual a probabilidade de uma Elite Financeira estar no controlo total das nossas vidas e da linha sanguínea dessa Elite nos levar aos tempos do Antigo Egipto e da Suméria? Sigam "O Plano".

Documentário – O que andam a pulverizar pelo Mundo?


Solução ao Aquecimento Global?!?! Este documentário fala dos “Chemtrails”, mas de um ponto de vista científico e em termos de credibilidade e provas.

Sigam O Plano.

Ver antes: “A Grande Farsa do Aquecimento Global” e “Carne, a Verdade

A palavra Chemtrails significa rastos químicos ou substâncias tóxicas pulverizadas no céu por aviões, que contaminam o solo e todos os ecossistemas ao redor do planeta. São constituídos por produtos perigosos para a saúde, entre outros produtos o bário, fibras de vidro revestido de nano-alumínio (conhecidas como CHAFF), tório radioactivo, cádmio, cromo, níquel, sangue desidratado, esporos de mofo, micotoxinas de fungos amarelos, fibras de polímero (filamentos de silício), EDB (dibromoetano, pesticida químico já proibido) e uma vasta lista de substâncias não identificadas.

  • O bário pode ser comparada à toxicidade de arsénio e é conhecido por afectar o coração.
  • O alumínio tem um longo historial conhecido por prejudicar a função cerebral.

Alguns funcionários “anónimos” do governo dos EUA reconheceram estar em curso a pulverização por aerossol destas toxinas através deste projecto, além de terem sido detectados resultados em testes feitos em diferentes locais, neste mesmo país.

O projecto de geo-engenharia climática actualmente a desenvolver pelos EUA inclui pulverizar entre 100 e 200 mil milhões de toneladas de alumínio em todo o globo anualmente, para “salvar” o planeta duma catástrofe devido ao aumento da temperatura da Terra – ocasionada pelo Sol.

Os Chemtrails estão associados a projectos de interesses particulares de manipulação climática e, grandes lobbies internacionais ligados a interesses militares e económicos.

Os aviões que lançam estes químicos são na maioria aviões comerciais adaptados para esse efeito, pulverizam uma poeira metálica electrónica inteligente que auxilia o projecto HAARP, bem como também, supostamente, o controlo climático (projecto Coverleaf  / Case Orange).

No entanto, as partículas metálicas reflexivas deixadas à volta de todo o planeta também prejudicam o funcionamento normal dos raios solares, para além do ecossistema e da saúde humana.

Como afectam?

Em zonas onde estão a ser utilizados em mais quantidade, mudanças dramáticas ocorreram em propriedades florestais longe de qualquer outra fonte de poluição, onde as árvores, plantas, os insectos, pássaros e animais selvagens misteriosamente começaram a morrer.

Testes à água da chuva demonstraram resultados chocantes.

O alumínio teria aumentado para níveis tão elevados como 50.000% com 3.400 ug/L., o que é literalmente uma chuva letal.

Testes adicionais de pH do solo feitos por cientistas demonstraram que este estaria no equivalente a 11 vezes acima da alcalinidade normal. O alumínio age como um tampão que aumenta a alcalinidade do solo, o que pode dizimar a ecologia em grandes quantidades.

É importante observar que estes testes foram realizados numa floresta, distante de qualquer fábrica, área urbana ou qualquer outro factor que eventualmente pudesse poluir. Os cardumes de salmão que eram vistos em abundância nesta mesma área diminuíram de 769.868 em 2002 para 39.530 em 2009. Uma queda de 90%.

A dieta principal dos peixes no rio é de insectos aquáticos. Nas amostras colhidas antes das pulverizações do inicio de Chemtrails havia em média 1000 insectos aquáticos. A actual amostra rendeu apenas 31 insectos. Uma queda espantosa de 96%. Os peixes sobrevivem de insectos, por isso morrem de fome.

Testes feitos à neve do Monte Shasta, na Califórnia, enviados posteriormente para o EPA – Enviromental Protection Agency, tiveram os resultados de 61.100 ug/L de alumínio, e 83 ug/L de bário. A quantidade padrão normal de alumínio na neve no Monte Shasta seria de 0,5 ug/L. O alumínio em água potável é admissível no máximo em 50 ug/L.

Isso significa que o alumínio detectado na neve no Monte Shasta é 1200 vezes mais tóxico do que o permitido em água potável.

Os alpinistas que vêm de todo o mundo estão a beber água envenenada da neve da montanha – uma zona inóspita, longe de qualquer outra possibilidade de intoxicação ambiental a não ser os designados Chemtrails.

Ver:

“Army test in 1950 may have changed microbial ecology

Vídeos:

“Céu químico – Quem controla a atmosfera?” 1

“Céu químico – Quem controla a atmosfera?” 2

“Céu químico – Chemtrails – O que são?”

“Agente IRS do governo americano diz que Chemtrails são produtos tóxicos que produzem morte”

Fonte:

http://despertar.eterhum.com/

http://www.sfgate.com/

Anúncios

4 comments on “Documentário – O que andam a pulverizar pelo Mundo?

  1. Pingback: Documentário – O Mundo Segundo a Monsanto « Contra-Educação

  2. Pingback: Documentário – O Desaparecimento das Abelhas « Contra-Educação

  3. Bella
    05/11/2012

    Olá

    Eu acho que todas estas mudanças climatéricas têm mesmo a ver com os chemtrails, de forma a justificar os impostos de carbono da ONU… a ONU será o governo mundial com toda a sua agenda maligna…

  4. Bella
    05/11/2012

    o alumínio e mercúrio também estão presentes nas vacinas e não existe qualquer estudo conclusivo que prove que as vacinas tenham qualquer eficácia… isto é o tipo de engano que foi possível depois das guerras mundiais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: